Recomendações Isolamento Domiciliar – casos positivos COVID-19 Moradia Estudantil

Em caso de diagnóstico positivo para COVID-19:

  • A pessoa com diagnóstico confirmado para COVID-19, deverá permanecer em isolamento domiciliar pelo período mínimo de 10 dias a partir do 1º dia dos sintomas, separado das outras pessoas, mesmo que ocorra melhora dos sintomas. Em alguns casos, esse tempo de isolamento poderá ser ampliado devido ao agravamento dos sintomas ou não resolução dos mesmos.

  • A pessoa com diagnóstico confirmado ou suspeito de COVID-19 deve retornar para avaliação médica se sentir piora dos sintomas ou falta de ar, sempre com uso de máscara e cuidados de higiene no trajeto. Se for possível, deve evitar o transporte público.

  • Na moradia o ideal é manter-se isolado dos outros moradores – outra casa, estúdio, ginásio de esportes, outros espaços da moradia, etc.

  • Utilizar máscara o tempo todo e trocar toda vez que estiver úmida, danificada e com muito tempo de uso (usar no máximo 4 horas).

  • Se houver necessidade de cozinhar, lavar as mãos e usar máscara de proteção, cobrindo boca e nariz todo o tempo.

  • Após usar o banheiro, lavar as mãos com água e sabão, limpar vaso, pia e demais superfícies com álcool 70% ou água sanitária; para desinfecção do ambiente.

  • Manter uso individual para itens como toalha de banho, roupa de cama, garfo, faca, colher, copo e demais objetos ou equipamentos.

  • Aumentar a freqüência de troca da roupa de cama e de banho, lavar as roupas com água e sabão, deixar secar e passar.

  • Sofás, cadeiras e cama também não podem ser compartilhados e precisam ser limpos frequentemente com água sanitária ou álcool 70%.

  • Manter a janela aberta para circulação de ar do ambiente usado para isolamento e a porta fechada, limpar a maçaneta frequentemente com álcool 70% ou água sanitária.

Caso não seja possível manter o isolamento em outro espaço, os demais moradores devem dormir em um cômodo diferente, longe da pessoa positiva para COVID-19, seguindo também as seguintes recomendações:

  • Limitar a movimentação do caso positivo pela casa, sendo permitida sua saída do quarto somente para ir ao banheiro.

  • Manter a distância mínima de dois (2) metros entre o caso positivo e os demais moradores.

  • Limpar os móveis frequentemente com água sanitária ou álcool 70%.

  • Manter os locais bastante ventilados.

  • Todos os outros moradores da casa devem ficar em isolamento por 10 dias, usar máscara ou cobrir a boca e nariz ao espirrar ou tossir.

  • Observar surgimento de sintomas, e se houver passar em atendimento médico no CECOM (febre, tosse, falta de ar, dor no corpo, dor de cabeça, congestão nasal, coriza, dor de garganta, perda ou diminuição do cheiro e/ou paladar, diarreia, náusea/vômito).

  • Após lavar as mãos com água e sabão, dar preferência ao papel-toalha. Caso não seja possível, utilizar toalha de tecido de uso individual e trocá-la toda vez que estiver úmida.

  • Caso outro morador da casa também inicie os sintomas, ele deve imediatamente iniciar o isolamento e procurar atendimento médico no CECOM.

  • No caso das casas da Moradia Estudantil da UNICAMP recomenda-se isolar o caso suspeito/confirmado em um quarto e os demais moradores, no máximo em número de três (3), permanecerem na sala.

  • Realizar rigorosa e freqüente limpeza do banheiro, sempre com álcool 70% ou água sanitária, especialmente após o banho da pessoa infectada, que deve ser a última entre os moradores.

Núcleo de vigilância Epidemiológica

CSS/CECOM

Agosto/2020

Links úteis:

https://www.cecom.unicamp.br/covid-19-coronavirus-informacoes-e-esclarecimentos/

https://coronavirus.saude.gov.br/

http://portal.anvisa.gov.br/coronavirus

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/index.html

http://www.saude.sp.gov.br/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica-prof.-alexandre-vranjac/