Chikungunya

 

 

 

A Febre do Chikungunya é também conhecida como ‘’AQUELE QUE SE DOBRA ‘’, pela postura adotada pelas pessoas que são acometidas pela doença.

É uma doença viral transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, que também transmitem a Dengue.

As primeiras ocorrências foram em países da África, Sul e Sudeste da Ásia, Ilhas do Oceano Índico e Pacífico, desde 2013 estão ocorrendo casos nas Ilhas do Caribe.

Em 2014 no Brasil já foram registrados casos importados, ou seja, após deslocamento em viagens.

Sintomas

Iniciam de 1 a 14 dias depois da picada do mosquito, em média de 3 a 7 dias.

Os mais comuns são febre alta de início súbito, dor muito intensa, vermelhidão e inchaço nas juntas (articulações), dor de cabeça e dor muscular.

Pessoas com maior risco

Bebês que são expostos no final da gravidez, maiores de 65 anos, portadores de doenças crônicas como Diabetes e Hipertensão.

Tratamento

Não há tratamento específico, apenas sintomático com analgésicos, antitérmicos e hidratação.

Não usar nenhuma medicação sem orientação médica, principalmente antiinflamatórios.

Não usar medicamentos que contenham Ácido Acetil Salicílico, como AAS, Melhoral e Aspirinas.

 

PREVENÇÃO E CONTROLE

Reduzir a exposição ao mosquito, usar repelentes e calças e camisas de manga longa em áreas de risco. Em caso de doença, manter os cuidados, como usar repelente e ficar em casa por pelo menos 10 dias, afim de não disseminar a doença.

Manter ações de combate ao mosquito, limpeza de locais que possam acumular água, como calhas, vasos, ralos e manter caixas d’ água vedadas.

 

Deixe uma resposta