ALERTA FEBRE MACULOSA

A febre maculosa também conhecida como doença do carrapato, é uma infecção febril de gravidade variável, com elevada taxa de letalidade.

Causada por uma bactéria do gênero Rickettsia é transmitida pela picada do carrapato

Estamos no período do ano (junho a novembro), em que a infestação ambiental por ninfas de carrapato estrela é alta (o ciclo de vida do carrapato inclui as seguintes fases: ovo – larva – ninfa e adulto).

Por este motivo a possibilidade de parasitismo humano por este carrapato aumenta, resultando no aumento do número de casos humanos de febre maculosa brasileira. 

Considerando a relevância epidemiológica e a letalidade da Febre Maculosa Brasileira (FMB) em Campinas, o CECOM alerta para que procure atendimento de saúde pessoa que:

 Apresente febre, dor de cabeça, dor no corpo, associadas a um ou mais dos seguintes fatores:

 • Ter frequentado área sujeita à presença de carrapatos vetores, tais como: parques, pastos, matas, pesqueiros, sítios, fazendas, margens de rios, córregos e lagoas – na consulta médica comente sobre este fato;

• Ter sido parasitado por carrapatos nas áreas acima citadas e mesmo que não tenha encontrado o carrapato/ninfa averigue se não há picadas pelo corpo;

 • Contato com animais domésticos que circulam em áreas sujeitas à presença de carrapatos;

• Contato com animais silvestres;

• Aparecimento de exantema maculopapular (manchas vermelhas) ou manifestações hemorrágicas (sangramentos).

O período de incubação da Febre Maculosa é de 2 a 14 dias. Portanto, considerar exposições ocorridas nos últimos 15 dias antecedentes ao início de sintomas.

Ciclo de vida do carrapato: ovo – larva – ninfa e adulto